Tecnologia, Espiritismo e as transformações contemporâneas

0
27
Internet Business connection network with businessman and woman doing their activity in virtual internet world.

A sociedade contemporânea tem como uma de suas marcas mais relevantes o crescimento da tecnologia, de novas máquinas e equipamentos que transformam a sociedade, gerando inquietação, medo e desesperança de um lado e, ao mesmo tempo, gerando euforia, esperanças e oportunidades.

Com o avanço da ciência, o conhecimento passou a ter um lugar de destaque na sociedade, a pesquisa científica vem ganhando força e muitas inovações foram introduzidas, doenças que até poucos anos atrás eram vistas como incuráveis passaram a ser tratadas e as curas se elevaram intensamente, a comunicação ganhou novos instrumentos e os trabalhos mais rudes e violentos foram sendo substituídos por máquinas e equipamentos, diminuindo o desgaste do ser humano e abrindo novas perspectivas para a coletividade.

Diante destas transformações encontramos sentimentos diferentes e contraditórios, é inegável os avanços em muitas áreas, como a área da saúde, mas ao mesmo tempo percebemos um retrocesso moral muito forte, em pleno século XXI, num mundo cheio de tecnologias e facilidades, os seres humanos se matam com requintes de crueldade, denigrem as pessoas e fazem chacota com sentimentos e valores dos outros indivíduos ou cultura, percebemos um avanço tecnológico e um retrocesso no campo da moral, diante disso nos surge uma grande dúvida: para onde os seres humanos estão caminhando?

Nesta sociedade, e percebemos isto mais claramente desde a codificação da Doutrina dos Espíritos, não mais podemos alegar ignorância sobre a existência do mundo espiritual, sobre a imortalidade da alma e sobre a existência dos mais variados mundos espirituais, que estão interligados e se sobrepõem, mostrando-nos que não estamos sozinhos, mas acompanhados de entidades espirituais, que nos influenciam muito mais do que imaginamos.

Como estamos cientes de questões espirituais, os seres humanos devem tomar as rédeas de suas vidas, buscar a compreensão dos verdadeiros significados da existência, estudar e compreender as ligações que temos com as entidades espirituais e como elas nos auxiliam, muitas descobertas, pesquisas e inovações nos foram trazidas com o auxílio dos amigos de outros mundos, espíritos mais avançados na área científica e tecnológica, suas contribuições foram fundamentais para muitos avanços em curso na sociedade global.

Um exemplo interessante foi retratado na obra Os exilados de Capela, escrito em 1949 por Edgard Armond, neste brilhante livro o autor nos mostra como espíritos vindo de outros planetas foram fundamentais para estimular o desenvolvimento da Terra, eram irmãos em desalinho com seu planeta original que foram punidos com um degredo temporário. Ao encarnar no Planeta Terra contribuíram para o desenvolvimento de muitos povos, auxiliando a humanidade com novos conhecimentos e uma imensa bagagem intelectual, quando estes irmãos retornaram ao seu planeta de origem, muitas áreas do conhecimento humano dominadas por estes povos perderam força e grande dinamismo, deixando muitas perguntas intrigantes sem respostas para a sociedade.

Outro ponto interessante que percebemos ao ler a obra de Armond, foi que estes irmãos degradados vieram para o Planeta Terra porque suas energias eram incompatíveis com as existentes em seu planeta de origem, com isso, estavam prejudicando o progresso de sua civilização. Eram pessoas muito desenvolvidas em ciência e tecnologia, uma população muito culta, conheciam muitas áreas e setores do conhecimento humano, mas apresentavam uma grande fragilidade moral, seus sentimentos éticos e morais eram reduzidos e sua ambição bastante desenvolvida, cresceram no conhecimento científico e se mostraram frágeis moral e eticamente.

Na contemporaneidade encontramos grandes indagações sobre como a tecnologia tende a gerar constrangimentos para muitas pessoas desprovidas de conhecimentos e informações, gerando desempregos e exclusão que tendem a inviabilizar seu progresso e, muitas vezes, a aprofundar seus equívocos e desequilíbrios desta experiência física e de outras existências. Podemos olhar ainda de outra forma, neste momento de grandes inquietações, faz-se fundamental que os grupos mais capacitados passem a orientar melhor os irmãos mais frágeis e debilitados, contribuindo para que possam sobreviver e construir uma forma digna e decente de crescimento moral e espiritual.

Devemos nos atentar para algumas questões importantes, neste momento de grande progresso tecnológico, com novas máquinas e equipamentos transformando as relações sociais e os indivíduos, que cada vez mais se encontram ensimesmados e assustados frente as alterações, é fundamental que estes indivíduos passem a buscar novos horizontes para a compreensão da vida e da coletividade, se voltando para seu interior, analisando seu íntimo, suas emoções e seus sentimentos, refletindo e buscando a compreensão das mais importantes realidades da vida e do ser humano. Esta reflexão tende a gerar grandes descobertas no ser humano e apresentam alto potencial de transformação interior, melhorando os valores morais e desenvolvendo a ética, contribuindo para sua ascensão como espírito imortal.

Mesmo passando por um período de grandes descobertas tecnológicas, as pessoas desconhecem suas realidades mais íntimas, apresentam grandes dificuldades para analisar seus sentimentos, não refletem sobre suas escolhas e comportamentos e se deixam levar por pensamentos exógenos, muitas vezes inspirados por entidades atrasadas, inimigos de vidas anteriores que se caracterizam por sentimentos negativos, mágoas e ressentimentos, transformando suas existências espirituais em vingança e constantes agressões físicas e emocionais.

Neste momento de medos e desesperanças a Doutrina dos Espíritos nos surge como uma grande bússola para que tenhamos uma orientação precisa, nesta orientação os caminhos estão associados aos passos consistentes que nos foram trazidos por Jesus de Nazaré, mesmo crucificado, vilipendiado e humilhado pelos seus irmãos, conservou a serenidade e a humildade e orou ao pai pedindo que os perdoassem, pois eles não sabiam o que estavam fazendo.

A sociedade mundial está passando por muitas transformações que estão gerando novos medos e preocupações, a Doutrina Espírita nos mostra que as desigualdades estão ligadas aos comportamentos dos indivíduos, na grande maioria concentrados em ganhos imediatos e gozos materiais, se esquecendo dos outros indivíduos, como se apenas eles fossem filhos de Deus e os outros não fossem nossos irmãos, acreditamos piamente que somos filhos de Deus e não aceitamos os outros como nossos verdadeiros irmãos. Neste ambiente, nos percebemos como concorrentes e acreditamos que nossa felicidade está nas desditas dos outros seres humanos, é como se para que eu consiga encontrar a felicidade, os outros devam ser cada vez mais infelizes, este engano alimenta uma competição deletéria e degradante, onde todos estamos em busca de algo e quando encontramos percebemos que este algo não traz a felicidades ou os prazeres que ambicionávamos anteriormente.

Neste ambiente somente vamos conseguir superar os medos e as contradições do sistema se cultivarmos os valores mais consistentes que nos foram trazidos pelo mestre Jesus Cristo, se nos integrarmos aos valores do respeito, da solidariedade e da empatia, enquanto nos deixarmos dominados em valores transitórios não angariaremos a consistência necessária para evoluirmos, somente as asas do conhecimento não vamos conseguir nosso crescimento, como nos disse Francisco Cândido Xavier: Quem sabe pode muito, quem ama pode mais. Estamos precisando de menos livros escritos e palestras bem orquestradas, estamos precisamos de menos comentários interessantes e mais atitudes convincentes, gestos concretos e trabalhos no bem, sem eles vamos continuar reduzindo a quantidade de pessoas nas escolas e nas fileiras religiosas e aumentando nos presídios e nos hospitais psiquiátricos.

Se a sociedade está passando por um momento de grande crescimento tecnológico, onde a ciência ganhou relevância e muitas das doenças que assolavam a comunidade foram reduzidas através de novos tratamentos e drogas altamente eficientes, tudo isto só foi possível com a autorização de Deus e o auxílio dos bons espíritos, muitos irmãos ganharam uma sobrevida para que repensem suas vidas e seus comportamentos, altere seus valores e passe a construir sentimentos mais consistentes, marcados por uma ética mais evoluída e por valores mais edificantes, se nos foi autorizado este progresso científico, a espiritualidade maior tem um propósito maior para os seres humanos, temos que refletir muito sobre este momento e esta situação atual.

Na sociedade contemporânea encontramos grandes preocupações com o futuro da sociedade, os grupos com menos recursos se sentem injustiçados e tudo isto pode gerar graves constrangimentos para a coletividade, talvez conflitos e muitas violências. Neste ambiente, cabe aos indivíduos compreenderem que a vida não se limita apenas a esta vida, estamos no corpo material, mas somos, em essência, espíritos. Como espíritos imortais, é imprescindível que consigamos construir uma solidariedade para auxiliar aqueles desprovidos de menos recursos financeiros, intelectuais e emocionais, a Doutrina dos Espíritos nos mostra que devemos dar o apoio as demandas dos outros indivíduos porque, quem sabe, numa próxima encarnação, seremos nós os mais necessitados e vamos, com certeza, precisar do amparo e da assistência de outros irmãos. Momentos como este podem ser a oportunidade necessária para que compreendamos a importância do auxílio coletivo, hoje estamos numa posição de auxílio, mas numa outra oportunidade, pode ser que nós estejamos necessitando de auxílio de outros companheiros.

O desenvolvimento tecnológico, grande característica da contemporaneidade, pode nos levar a descobertas novas, dentre estas descobertas destacamos a capacidade de comunicação com irmãos desencarnados, novas máquinas e equipamentos vão nos aproximar de irmãos que partiram para outros planos da vida, demonstrando mais efetivamente que a vida não termina com a morte física, mas que somos todos espíritos, a realidade da vida está no mundo imaterial. Estas tecnologias nos auxiliarão no contato com familiares desencarnados, diminuindo nossa saudade e nos trazendo a certeza de que existe muitas moradas na casa de meu pai, como nos asseverou o mestre Jesus de Nazaré.

O espiritismo sempre defendeu o conhecimento, a ciência e as descobertas científicas, estamos em uma doutrina que apregoa a importância do estudo, da reflexão, das leituras e da busca pelo conhecimento, quando Allan Kardec nos disse que Se o Espiritismo disser uma coisa e a Ciência defender outra, siga com a Ciência. Nesta frase, o codificador mostra a importância do pensamento científica e demonstra a humildade deste homem que recebeu uma missão de grande vulto e relevância, foi ele o escolhido para trazer ao mundo um conjunto de informações e conhecimento com potencial transformador da sociedade, a descoberta de que vivemos cercados de espíritos, seres que não possuem corpos materiais, gerou grandes controvérsias e nos mostrou que uma revolução está mais próxima do que imaginamos, neste momento de tensão e desesperanças, onde os indivíduos estão eufóricos e ao mesmo tempo apreensivos com os avanços da tecnologia na sociedade, o Espiritismo vem nos mostrar que neste momento de transição que a humanidade está vivenciando, todos devemos construir uma maior solidariedade entre os indivíduos, afinal hoje temos grande rapidez e agilidade no raciocínio e na reflexão, mas se não nos utilizarmos bem estas características numa próxima existência física podemos vir sem estas virtudes e vamos necessitar do auxílio e da compreensão dos outros indivíduos para sobrevivermos.

No raiar deste novo mundo, a tecnologia vem nos mostrar que para conseguirmos sobreviver neste mundo competitivo, marcados pelos interesses materiais e imediatistas, devemos cultivar hábitos simples e pensamentos salutares, a tecnologia nos auxilia, deve ser vista como um instrumento, mas seu excesso pode desviar nossa caminhada, deixar os indivíduos mais frios e calculistas e, como consequência, nos afastar dos verdadeiros valores da vida, atrasando nosso progresso espiritual e limitando nossas potencialidades.

 

DEIXAR RESPOSTA

Por favor digite seu comentaário
Digite seu nome