Avanços tecnológicos e retrocessos morais

0
328

O mundo atual apresenta grandes contradições, vivemos em uma sociedade que avança de forma cada vez mais rápida na tecnologia, máquinas e equipamentos surgem para facilitar o cotidiano dos indivíduos, facilitando seu trabalho, seu deslocamento e sua comunicação com o mundo, mas infelizmente, todo desenvolvimento tecnológico não está sendo acompanhado pelo incremento moral, estamos perdendo uma grande oportunidade de nos desenvolvermos moralmente, transformar nossos sentimentos e fazer a tão decantada reforma íntima, tarefa difícil, mas essencial para a melhoria contínua do ser humano e para a convivência em comunidade.

Todas as grandes tecnologias modernas nos proporcionam novas oportunidades de crescimento pessoal, o homem atual recebe todos os dias milhares de informações vindas dos mais variados meios de comunicação, ao ligarmos a televisão somos bombardeados de notícias, que não dizem respeito apenas a nossa comunidade, notícias oriundas de todos os países e regiões do mundo entram em nossas mentes todos os dias, a conversação com as pessoas ficou muito mais rápida, não importa o local que estas estejam, tudo isto obriga o ser humano a uma busca constante por atualização, somos obrigados, se quisermos nos manter sempre atualizados, a dedicar uma parte importante de nosso tempo para esta busca constante por qualificação, uma busca insana que está levando a sociedade a patologias das mais violentas e variadas, afastando o contato físico entre as pessoas pelo contato digital, rápido, frio e distante, mas aceito por muitos como símbolo do progresso da civilização e como paradigma do aperfeiçoamento da sociedade contemporânea.

A tecnologia não deve ser vista como algo negativo, a tecnologia é algo fundamental para a sociedade, é um instrumento de progresso para todos os indivíduos, é fruto de pesquisas que são desenvolvidas por pessoas nas mais variadas regiões dos mundos físico e espiritual, acreditar que as descobertas da humanidade são frutos exclusivos de pesquisadores vivos é desconhecer e menosprezar o papel do mundo espiritual na vida das pessoas, muitas das idéias e descobertas do plano físico são inspiradas pelos bons espíritos, pesquisadores abnegados do mundo dos espíritos que se dedicam diuturnamente no auxílio dos encarnados, isto acontece por amar os irmãos que temporariamente se encontram no mundo encarnado e também porque sabem que muito brevemente estarão novamente no mundo físico, já que a reencarnação não é uma invenção do espiritismo, mas uma lei natural e inexorável.

Diante destas transformações da sociedade mundial que afetam toda a sociedade mundial, aproximando os indivíduos via maquinas modernas, telefones sofisticados e computadores de última geração mas afastam as pessoas do contato físico, do toque e do afeto, inundando os indivíduos de desejos desordenados e compulsivos, que levam a sociedade a deixar os sentimentos de lado, onde a essência é substituída pela aparência e onde as pessoas se mutilam tentando se tornarem atraentes e avassaladoras mas, na verdade se tornam dependentes da impressão alheia, fingindo felicidade e se refugiando em anti-depressivos, inibidores de apetites e estimulantes diversos, isso sem falar nas drogas naturais e sintéticas que colocam o Brasil num lugar de destaque negativo no consumo mundial, temos aqui mais de 1,3 milhão de pessoas viciadas, segundo pesquisas recentes, nas mais variadas drogas e alucinógenos, com custos financeiros, espirituais, emocionais e humanos cada vez maiores para as famílias e para o país como um todo.

Todas estas atividades levam os indivíduos a mergulharem no trabalho, as atividades do cotidiano se resumem ao trabalho, que passa a absorver uma parcela crescente do tempo dos seres humanos, deixando de lado seu desenvolvimento espiritual, o contato com Deus passa a ser relegado a um segundo momento, idas esporádicas a uma igreja ou a um centro espírita só ocorrem em momentos de necessidades extremas, compromissos sérios são apenas aqueles que estão relacionados com a causa material, os trabalhos do espírito passam a ser um projeto para a aposentadoria, quando o tempo de reflexão for maior e as atividades profissionais estiverem encerradas.

O trabalho espiritual é tão importante como o trabalho profissional, o ser humano é espírito, neste instante estamos encarnados, mas somos em essência espíritos, o compromisso material nos dá o equilíbrio da matéria, nos garante os recursos necessários para a sobrevivência do corpo físico, mas o trabalho cotidiano na causa da renovação espiritual é condição indispensável para transformarmos nosso coração, melhorar nossos sentimentos e não nos deixarmos nos embrutecer pelas mazelas sociais e morais que assolam os indivíduos, a doutrina dos espíritos é um instrumento central para que entendamos as leis de Deus, suas razões e significados e saiamos de uma lógica perversa de ignorância, melindres e ortodoxias que carregamos durante muitas passagens pelo corpo físico e se não nos empenhamos continuaremos carregando durante muitas encarnações.

A tecnologia moderna nos auxilia muito, com ela podemos entender mais as coisas da vida e do cotidiano, quantas descobertas importantes tivemos nos últimos 100 anos que revolucionaram as mais variadas áreas do conhecimento humano, desde a cura de doenças antes mortais até os avanços na comunicação, renegar estes avanços é algo negativo e denota ignorância extrema, agora toda esta tecnologia deve ser canalizada para a melhoria das condições de vida de todos os indivíduos, o progresso econômico ilimitado é algo impossível de ser alcançado, para isso teríamos que ter muitos planetas como a Terra, apesar de desejado pelos indivíduos é impossível fazer com que todas as pessoas encarnadas tenham uma renda per capita de 50 mil dólares anuais, mas devemos perseguir de forma veemente uma renda que dê a cada indivíduo, em qualquer lugar do mundo, uma condição digna e decente de sobrevivência, onde todos poderão se alimentar condignamente e usufruir dos progressos obtidos na saúde, na educação e nas comunicações, um dia seremos cobrados por isso, e qual será nossa resposta a esta indagação? Diante de tanta riqueza encontrada no planeta, como aceitar que irmãos sejam relegados ao esquecimento e ao abandono?

A doutrina dos espíritos nos mostra claramente a lei de causa e efeito, uma lei inexorável que todos os indivíduos vão prestar contas em algum momento de suas vidas, nela seremos chamados a responder por nossos atos, a arcar com nossas responsabilidades, não apenas pelo mal que fizermos mas também pelo bem que deixarmos de fazer, pela omissão, pelos conhecimentos que nos foram concedidos e, hipocritamente, utilizamos apenas para nosso deleite pessoal e para a satisfação de nossos interesses mais imediatos e, muitas vezes mesquinhos, levando-nos infelizmente a abrir mão de nossos compromissos espirituais e nos conduzindo ao pântano dos prazeres da matéria, onde os gozos do cotidiano são freqüentes mas os vazios existências são maiores e a depressão é imediata e deixa seqüelas na alma do ser humana, e para estas não encontramos remédios físicos apenas transformação íntima e trabalho edificante no bem, desinteressado e compromissado com o mestre Jesus.

Os progressos da tecnologia são notáveis, levar estes progressos para todos os indivíduos é algo complexo e necessário, demonizar os avanços da genética e da biologia molecular é ceder a ortodoxia e a intolerância, são medidas desnecessárias que pouco ajudam no debate central, agora exigir da sociedade uma postura mais direta e equilibrada com relação ao excesso de consumo e preocupação com o imediatismo é algo fundamental e necessário, que auxiliam na transformação moral dos indivíduos e na capacitação para novas experiências no mundo, respeitando as diferenças e tendo consciência de que seremos cobrados, um dia, por toda inteligência que recebemos, por toda a tecnologia que acumulamos e por toda criança que relegamos ao esquecimento e posteriormente encarceramos e acreditamos que, com isso, estávamos fazendo justiça.

DEIXAR RESPOSTA

Por favor digite seu comentaário
Digite seu nome